sábado, 16 de abril de 2011

Aula de Cidadania: Mulheres da Rede revolucionam na Câmara Municipal

Prezad@s Companehir@s,

A Rede de Mulheres da Bahia pelo Controle Social e o Fórum Nacional de Mulheres Negras realizou no Centro Cultural da Câmara Municipal, no ultimo dia 13 de abril,  Audiência Pública para discutir Políticas Públicas para as Mulheres. Ficamos  muito orgulhosas e felizes pelo nosso trabalho, esta Audiência foi uma das primeiras a ser convocada pelo movimento social na nossa capital. Nós mulheres que compomos a Rede,  trabalharemos para que este momento seja o primeiro de muitos outros e para que através dele possamos exercer a nossa cidadania e ocupar nosso espaço na sociedade.






Participaram  da audiência  mulheres das comunidades do Lobato, Plataforma, Paripe, Periperi, Valéria,  Sussuarana, Cajazeiras, Fazenda Grande, Simões Fillho, Calafat, Calabar e Centro Histórico que através da nossas companheiras Marilene, Rosângela, Ana Alice e Rose trouxeram temas de muita importância para a discussão, expressando as nossas demandas e exigindo nossos direitos com firmeza e consciência política.


Como resultado da nossa Audiência a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher através de suas representantes Eliane Boa Morte e Célia Sacramento ficaram responsáveis por articular em parceria  com a Rede de Mulheres da Bahia, um seminário para discutir Políticas de Creches em Salvador,  contamos com o apoio da Superintendência de Políticas para Mulheres da SEPROMI representada por Valdecir  Nascimento.

Esta discussão de Políticas de Creche é um passo importante e necessário para a concretização da Autonomia Econômica de muitas mulheres negras e da periferia e é por unanimidade uma questão básica para o nosso empoderamento. A Política de Creches foi um dos principais temas  identificados em nossas oficinas como facilitador da autonomia de mulheres negras e de periferia, alguns pontos foram enfatizados, tais como: creches noturnas, a infra-estrutura e qualidade do ensino e a participação dos homens na discussão sócio-política sobre creches e a educação infantil.


A Mesa da Audiência foi composta pelas  seguintes representantes de órgãos da sociedade civil e do governo:

Célia Sacramento
Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher

Valdecir  Nascimento
Superintendente de Políticas para as Mulheres da SEPROMI

Eliane Boa Morte
Gerente de Políticas Temáticas da SPM

Firmiane Venâncio
Defensora Pública da Defensoria Pública

Olivia Santana
Vereadora da Cãmara Municipal

A Rede de Mulheres é formada por mulheres das seguintes instituições da sociedade civil:
Associação Comunitária Felicidade
Associação Renascer Mulher
Creche Zélia Ribeiro
Espaço Quilombo
Fórum Nacional de Mulheres Negras
Fórum de Entidades do Subúrbio
Ginga Movimento de Mulheres do Subúrbio
GRUCON Grupo de União e Consciência Negra 
Instituto Mercado Solidário Bahiano
Fórum de Participação Popular de Plataforma

Gostaríamos de agradecer à CESE, Central Ecumênica de Serviço , que apoiou a realização desta Audiência. 


Fiquem ligad@s e faç@m parte desta revolução!

Estamos só começando!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Junte-se ao Movimento da Rede de Mulheres!!

“O que mais preocupa não é o grito dos violentos, 
nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética.
O que mais preocupa é o silêncio dos bons”
Martin Luther King

Durante oficina de preparação para a Audiência Pública, onde discutimos Políticas Públicas e Controle Social a nossa companheira Valda França deixa claro o objetivo da Rede de Mulheres em seu discurso. Não conseguiremos uma mudança efetiva se andarmos sós, precisamos nos unir e cobrar pelos nossos direitos! 
 
 "Quando agente toma uma atitude e 
corre atrás o benefício virá, não tenha dúvida!"
Valda França
video 

Audiência Pública: 
Políticas Públicas para as Mulheres: Que lugar ocupamos? 
Data: 13/04/2011 Quarta feira ás 18h
Local : Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador





sábado, 9 de abril de 2011

Resultado das Oficinas da Rede de Mulheres da Bahia e do Fórum Nacional de Mulheres Negras em Salvador!

Saudações Querid@s Companheir@s, 

Estamos vibrando com muita energia e com a esperança de mudança para nossas vidas. Tivemos a oportunidade de discutir de forma muito enriquecedora e democrática vários temas que norteiam o Plano Estadual de Políticas para Mulheres, desde a autonomia econômica ao investimento na educação inclusiva.

Nós realizamos 7 oficinas preparatórias para a Audiência Pública: Políticas Públicas para Mulheres: Que lugar Ocupamos? a ser realizada no dia 13/04 as 18h no Centro Cultural da Cãmara Municipal.


1.Escada/Subúrbio Ferroviário
2. Barroquinha
3. Sussuarara
4. Fazenda Grande
5. Massaranduba
6. Calabar
7. Cajazeiras

Temos certeza que plantamos a semente da cidadania e da união!

Convidamos a todas as mulheres e homens comprometidos com a causa da mulher negra e da periferia a comparecer a esta Audiência! 

Unid@s somos fortes, unid@s temos o PODER!

 Oficina Fazenda Grande
Principais Demandas: 
- Saúde
- Segurança
- Violência contra a Mulher
- Autonomia e Renda
 Oficina Escada/Subúrvio Ferroviário
Principais Demandas:
- Autonomia e Renda
- Creches
- Educação Pública
- Violência contra a Mulher 
- Segurança 
 Oficina Sussuarana
Principais Demandas:
- Saúde
- Autonomia e Renda
- Creches
- Segurança
- Educação de jovens
Oficina Barroquinha
Principais Demandas:
-  Emprego e Renda
- Creche
- Segurança
- Violência Doméstica